Cookie Consent by FreePrivacyPolicy.com 4 Dicas de Como Ser mais Criativo na era Digital - O Sha'ar
Roube Como Um Artista - Austin Kleon

4 Dicas de Como Ser mais Criativo na era Digital

Sabe aquele mito que dizem que a criatividade é um dom?

No livro de Austin Kleon – Roube como um artista: 10 dicas sobre criatividade toda essa máxima de que criatividade é um dom é desmistificada.

Com dicas práticas e curtas o autor nos leva a mergulhar nesse livro que se caracteriza como uma leitura super fácil e divertidada.

Por isso, separei 4 dicas de como ser mais criativo na era digital com base nesse livro selecionei dicas que pratico no meu dia-a-dia com base nos conceitos do autor. Então, vamos descubrir com essas 4 dicas como ser mais criativo nessa era digital.

Livro Roube como um Artista - 10 dicas sobre criatividade - Austin Kleon para  Kindle
Livro Roube como um Artista – 10 dicas sobre criatividade – Austin Kleon

Você não precisa ser completamente original para ser criativo

Sim, isso mesmo que você leu. Temos aquela consagrada frase na internet: “Nada se cria tudo se copia.” MAS NÃO É isso que o autor Austin nos traz em seu livro. A mensagem que o escritor nos passa em seu livro é que podemos ser livres do fardo de sermos totalmente originais como se tivéssemos que criar algo novo do zero.Ao invés disso podemos selecionar boas influências por meio das redes sociais e “misturando” todas essas influências geramos assim novas ideias e a partir delas podemos começar o nosso trabalho.

1ª dica para ser mais criativo na era digital: Abrace as influências. Como? Quando der aquele ‘branco’ no momento de escrever, desenhar ou pintar: dê um google nas suas obras preferidas, releia os destaques do seu livro preferido. Visite o pinterest e busque novas ideias.

Podemos parar de tentar construir algo do nada e abraçar a influência ao invés de fugirmos dela.

Roube como um artista: 10 dicas sobre criativaidade. – Austin Kleon.

O algorítimo é inimigo da criatividade

Através das redes sociais hoje estamos mais próximos das pessoas que inspiram o nosso trabalho. Temos em mãos o portfólio das pessoas que admiramos, podemos observar quaisquer trabalhos apenas com um clique.

Porém, o algorítimo se comporta mais o menos dessa maneira: quanto mais você consome do perfil ‘A’ mais do perfil ‘A’ vai ser mostrado na sua ‘timeline’. Então você pode pensar: Okay. Qual é o problema? É isso mesmo que quero.

Entretanto, suas influências não são construídas a partir de uma só pessoa ou ideia, Austin Kleon aponta o seguinte conceito: a genealogia das ideias. Podemos escolher quais categorias de música vamos ouvir, quais livros vamos ler, quem iremos seguir no Instagram, por exemplo. 

Para exercitar a criatividade precisamos fugir do óbvio devemos procurar sair da nossa zona de conforto.

Todavia, o algorítimo nos mostrará sempre mais do mesmo. Por isso, além de seguir uma variedade de perfis nas redes sócias procure selecionar quais páginas você irá expiar sem necessariamente esperar que o algorítimo entregue isso no seu feed.

2ª dica de como ser mais criativo na era digital: selecionar a ‘dedo’ perfis para visitar propositalmente. Faça uma lista das pessoas que inspiram seu trabalho e sempre que abrir o instagram vá para barra de pesquisa e visite esses perfis ao inves de ficar apenas rolando o feed eternamente curtindo as fotos no modo automático sem aproveitar nada daquilo que está sendo mostrado na sua tela. Faça do seu celular uma fonte de inspiração para alimentar sua criatividade.

Você é, de fato, um mashup do que escolhe deixar entrar na sua vida. Voce é a soma das suas influências.

Roube como um artista: 10 dicas sobre criativaidade. – Austin Kleon.

Não espere ser criativo. Seja criativo.

Não espere ser criativo, descobrir quem você é ou estar totalmente pronto para começar. Você pode estar pensando: “mas eu não sei quem sou, o que eu quero ou o que gosto.”

Pois, experimente. Você só vai saber que não gosta de algo fazendo. Faça algo. Se você esperar ser o melhor para então começar vão se passar 10 anos e você ainda estará esperando.

Digo isso por experiência própria, eu não sabia se gostava de dar aulas, e sou de uma família com professores e sempre fui empurrada a isso.

Em contrapartida, eu gostava muito de aprender então imaginava que também gostaria de ensinar. Porém, gostaria de ensinar para pessoas interessadas, então quando me deparei dando aulas para adolescentes que entendem que estão na escola por obrigação, o que aconteceu? Não gostei de dar aulas. Mas eu tive a minha experiência e não foi a única. Experimentei trabalhar em escritório, bancos e dar aulas novamente, porém para crianças.

4ª dica -exercitando a criatividade na prática: faça um esboço de tudo aquilo que você quer aprender,  o que você quer e não a grade da escola, faculdade. Liste as áreas do conhecimento que você deseja aprender. Construa seu aprendizado. Construa você! Torne-se o que você quer. Compartilho aqui um gráfico que fiz no ‘canva’ com tudo aquilo que almejo aprender (está ainda inacabado).

Mapa de aprendizado.

Se tivesse esperado para saber quem eu era ou o que eu queria fazer antes de começar a “ser criativo”, bem,eu ainda estaria sentado tentando me entender ao invés de estar fazendo o que quer que seja. Pela minha experiência, é no ato de criar e fazer nosso trabalho que descobrimos quem somos.

Roube como um artista: 10 dicas sobre criativaidade. – Austin Kleon.

Compartilhe seu trabalho: mostre a sua criatividade

A maior vitrine está na sua mãos. Mostre-se. A melhor forma de aprender é compartilhando. Eu sei que não é tão fácil assim, estou no instagram também é não é fácil crescer um perfil, ter uma audiência. Mas se não desistir acredito que vamos nos conectar com aqueles que tem os mesmos interesses que nós e assim podemos criar uma comunidade e evoluir juntos. Sei que você também pode estar pensando:” não quero aparecer, tenho vergonha, medo de ‘haters’, etc.

Várias preocupações norteiam nossa mente nesse momento de decidir sair do papel de quem fica assistindo o feed de outros para aquele que irá produzir para outras pessoas verem. E sim, devemos nos preocupar com tudo isso. Mas há maneiras de começar sem aparecer.

Foi assim que criei o ramyeontv.

Um podcast sobre doramas coreanos. Essa foi a oportunidade que agarrei e hoje estou aqui compartilhando outro interesse em busca de crescer e tornar isso o meu próprio negócio ajudando outras pessoas.

4ª dica para exercitar a criatividade prática: Sai de trás das telas e compartilhe sua evolução, aquilo que acrescenta na vida das pessoas. Você pode começar com um podcast, um blog assim como eu fiz aqui no ramyeontv que já recebeu mais de 14.000 mil visitas. Você não precisa aparecer, apenas se você quiser e quando vencer isso.

Quando você abre as portas do seu processo e convida as pessoas para que o acompanhem, você aprende.

Roube como um artista: 10 dicas sobre criativaidade. – Austin Kleon.

Se você leu até aqui….

Agradeço você que ficou por aqui até agora! Mais um projeto começando aqui no O Sha’ar e pode ser que dê certo ou não. E está tudo bem com isso. Foi muito importante compartilhar um pouco do que aprendi e tenho colocado em prática com esse livro sobre criatividade indico de olhos fechados essa obra. Espero que esse seja o primeiro de muitos post nessa categoria por aqui. Nos vemos novamente.

Espero que essas 4 dicas de como ser mais criativo na era digital ajude você evoluir cada vez mais aproveitando todos os recursos que essa era nos proporciona.

Olá, eu sou a Caroles.
Post criado 5

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo
%d blogueiros gostam disto: